COMO ESTUDAR HIPNOSE

Como estudar hipnose? talvez seja o principal caminho para quem deseja se inteirar acerca dessa técnica e aprimorar seus conhecimentos!

O termo hipnose é procedente do termo grego “hipnos”, que significa “Deus Grego do Sono”.

A história da hipnose se mistura com a de James Braid, que foi o responsável pelo nome da técnica que conhecemos até os dias de hoje. Na época o conhecimento que se tinha a respeito do assunto era a de que se tratava de um tipo de sono que possibilitava a indução.

Mas hoje podemos afirmar que o procedimento vai muito além disso, mas sim de um estado de alteração da nossa consciência.

Como estudar hipnose: Entenda mais do que se trata

O estado de alteração da consciência realizado por meio da hipnose é reconhecido como uma espécie de transe hipnótico, ou somente transe. Trata-se de algo popular que o termo “transe” frequentemente se faz presente em nosso vocabulário diário, estando presente, inclusive, em conversas triviais do nosso dia a dia.

É comum ouvirmos citações como “Nossa! Essa música me deixa em estado de transe!” ou até mesmo “Estou hipnotizada pela beleza desse lugar”. Provavelmente você mesmo possa ter dito algo semelhante recentemente, não é mesmo?

Tanto, que podemos afirmar tranquilamente que bons contadores de história podem ser considerados exímios  hipnotizadores! Quando alguém com essa qualidade começa a contar um fato ou simplesmente uma história, geralmente conseguimos nos transportar para o cenário do que está sendo contado, podendo até mesmo sentir a presença dos personagens e nos remetermos a todos os sentimentos do contexto.

Nesse sentido, podemos dizer que entramos em transe! O mesmo ocorre quando ouvimos uma música que simplesmente gostamos muito ou nos identificamos.

Como estudar hipnose de fato

A hipnose refere-se a união de técnicas que permitem a uma pessoa entrar em estado de transe, também chamado estado alterado de consciência. Mas, nem sempre nós entramos em um estado de transe por meio do uso dessa técnica, pois, como revelamos até aqui há vários aspectos e situações que nos remetem a essa condição.

Por meio de uma consulta junto a hipnoterapeuta conseguimos prolongar muito mais esse estado de maior concentração, que permite que sejam realizadas mudanças internas extremamente positivas, como amenizar os sintomas de dores ou até mesmo fazer com que nos lembremos de situações ou traumas até então esquecidos.

 

como estudar hipnose

Por que a hipnose funciona?

Uma das hipóteses mais comuns para a sua eficiência é que durante o estado de transe o nosso sistema límbico (região de sistema nervoso responsável pela imagem das emoções) evita que sejam enviadas informações para o córtex, que é responsável por cuidar do nosso raciocínio e consciência.

Por isso, nosso lado mais “consciente” acaba ficando com menores reservas, ou seja, mais vulnerável às sugestões que forem propostas pelo hipnotizador.

Nesse sentido, a nossa mente tende a focar em algo especifico e desliga-se das demais. Algo muito semelhante ocorre também como lemos um livro ou quando vemos um filme que nos interessa, por exemplo.

Atualmente a técnica é vista como um importante recurso terapêutico e é muito utilizado em diversas instituições famosas. Como por exemplo, o Hospital das Clinicas, visando amenizar o tratamento de dores crônicas.

 

O que você deverá estudar no curso de hipnose?

O aprendizado da hipnose consiste em alguns tópicos importantes, como:

  • Disciplinas introdutórias: Onde são introduzidos conceitos e também teorias básicas sobre a técnica. Aqui o estudante deverá entender como se dá o estado de transe. E também, algumas lições básicas a respeito de psicofarmacologia. Isso visando entender como os medicamentos que agem no sistema nervoso podem acabar afetando os pacientes.
  • Ética: Esse tipo de discussão é essencial para que o profissional entenda seu papel ético perante seus pacientes. O que pode e o que não pode ser feito durante o estado de transe do seu paciente.
  • Disciplinas práticas: Nesse momento torna-se possível compreender como funciona de fato a hipnose, bem como suas inúmeras maneiras de aplica-la. Isso também inclui os preparativos para a realização da técnica. Também avaliação do paciente, como acessar o inconsciente das pessoas que será submetida ao tratamento, entre outros.

Saber como estudar hipnose é uma excelente maneira de se garantir uma boa formação profissional! Se você deseja seguir essa empreitada, é fundamental que se dedique a um curso e pesquisa muito sobre o tema. Para garantir que possa absorver o maior numero de dados possíveis!

Veja mais em:

http://www.isec.psc.br

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando....