COMO A FILOSOFIA PODE AJUDAR AS PESSOAS

Filosofia significa amor pela sabedoria, do prefixo sophia, sabedoria e do sufixo philia, amor ou amizade. Entender como a filosofia pode ajudar as pessoas é uma indagação feita constantemente, antes mesmo da matéria se tornar disciplina obrigatória nas escolas do ensino fundamental e médio.

A filosofia motiva uma busca pela verdade, que precisa ser constantemente questionada e analisada, auxiliando na criação de indivíduos questionadores e com princípios de igualdade e ideologias humanísticas, pautadas no próximo, na racionalidade humana e no sentido da existência na Terra.

Entre tantos auxílios, a filosofia transforma o medo da existência em um alívio ao ajudar a lidar com adversidades e a viver melhor, com menos sofrimento. Sua missão é tornar viável a busca pela felicidade através do pensamento de filósofos que podem acolher a aconselhar a mente em momentos de dificuldade.

Happy successful sportswoman raising arms to the sky on golden back lighting sunset summer. Fitness athlete with arms up celebrating goals after sport exercising and working out outdoors. Copy space.

Benefícios e como a filosofia pode ajudar as pessoas

De nada adianta aprender tudo sobre a vida dos principais filósofos dos períodos se seus ensinamentos não causaram a você nenhum efeito além do decorado. Saber como a filosofia pode ajudar as pessoas é obter caminhos para quem não consegue caminhar sozinho e confortar mentes inquietas por respostas.

– A filosofia melhora a habilidade de racionalizar sistematicamente, não se acomodando perante as mazelas sociais e propondo melhorias para o ambiente em volta de nós, consequentemente aguçando a inteligência e estimulando novas leituras e conhecimentos mentais e práticos da realidade.

– A capacidade de análise se torna mais apurada, proporcionando a capacidade de realizar leituras críticas do universo a nosso redor e até mesmo de quem fica com a função de criticar como profissão, indagando hierarquias e a permissão de se falar o que bem entende apenas por ocupar um posto.

– Pode-se observar uma visível melhora na capacidade de interpretação, tanto textual quanto lógica, facilitando a vinculação de textos e imagens e apurando a capacidade de entender o sentido das coisas mais rápida e praticamente, entendendo inclusive como a filosofia pode ajudar as pessoas.

– É também visível o questionamento de certezas antes não analisadas mais de perto, ajudando a enxergar o mundo além do que está aos nossos olhos e aprimorar nossa capacidade de se relacionar com o próximo e com nós mesmos, colocando nossos próprios medos à prova e descartando a ideia de absoluto.

–  A filosofia estimula o autoconhecimento e a busca por respostas que não são óbvias, afinando nossa percepção sensorial e nosso sentido existencial, uma vez que estamos em constante busca para entender nossas funções no universo e como podemos auxiliar no seu andamento.

– Estudar estimula a melhoria das capacidades de escrita e oratória, preparando um cidadão não conformado com a realidade em volta para um futuro profissional brilhante e capaz de oferecer segurança financeira e mental para os que estão em volta e para si mesmo.

– A interdisciplinaridade da filosofia abre portas para a compreensão de novas matérias, como a sociologia e a psicologia que, unidas, podem oferecer respostas saudáveis à inquietação da mente e à capacidade humana de superar obstáculos e renascer das cinzas, como uma fênix em sua mitologia.

Antropocentrismo na atualidade e como a filosofia pode ajudar as pessoas

A filosofia nos ensinou que o homem está no centro do universo. Se aplicarmos isso de forma menos generalizada, conseguimos concluir que, de alguma forma, somos importantes. Ainda assim, perdemos tempo com coisas desnecessárias, com empregos que nos deixam infelizes e uma busca interminável por lucro.

Convivemos com pessoas que não gostamos, nos calamos diante de injustiças e nos inquietamos por problemas pequenos que não influenciam em nada no todo. Se listarmos as atividades feitas por nós em um dia, veremos que mais da metade são executadas para agradar outros que não nós mesmos.

Ainda assim, nessa perspectiva, conseguimos ser egoístas e individualistas. Não fazemos por nós, mas também não fazemos o suficiente por outros. Enxergamos as desigualdades sociais, passamos reto por seres humanos com fome e mesmo com isso temos a capacidade de reclamar de nossas vidas.

Ao indagar como a filosofia pode ajudar as pessoas, é interessante pontuar que o questionamento acerca da nossa capacidade de ser maus conosco e egoístas com o próximo traz exatamente o que essa matéria propõe: questionar a realidade e buscar novas maneiras de estar em paz com nossa mente.

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando....