MOTIVOS PARA CONHECER A HIPNOSE CLÍNICA

Motivos para conhecer a hipnose clínica – A hipnose oferece diversos benefícios e vantagens para quem busca esse tratamento.  Porém, é preciso tirar essa imagem ligada ao sobrenatural,  visto que usa técnicas cientificamente comprovada. Por isso, o tratamento de hipnose vem ganhando força nos últimos anos

Como muitas pessoas passam por problemas e querem uma busca rápida para o seu caso, o tratamento de hipnose vem sendo bastante difundido e procurado como uma técnica que pode trazer a cura, ou melhorar os sintomas de doenças consideradas graves, como a depressão e ansiedade.

Assim, o tratamento da hipnose mostra o quanto é importante se conhecer esse técnica e que precisa acabar com aquela imagem de que ela é ligada apenas a fatores religiosos.

Motivos para conhecer a hipnose clínica

Motivos para conhecer a hipnose clínica

Para tirar as dúvidas sobre a eficácia da hipnose como terapia, separamos  9 motivos pelos quais a hipnose deve ser encarada como um tratamento sério.

  1. O hipnoterapeuta não controla seu cliente

A sociedade desenvolveu uma definição de hipnose equivocado. Com isso, a ideia que se tem é que a pessoa é controlado pelo hipnotizador, e que obedece a ele sem resistência. Mas a hipnose não acontece dessa forma e seu intuito não é o controle sobre o outro.

  1. Não existem situações constrangedoras

Diferente dos show da TV que vemos a pessoa sendo usada em situações constrangedoras, na hipnose clínica não expõe as pessoas a nenhuma situação constrangedora. O cliente não é forçado a assumir personalidades ou realizar ações bizarras. Ele é estimulado ao autoconhecimento, a fim de buscar por respostas no inconsciente do cliente.

  1. O cliente não perde a consciência

O cliente não perde a sua consciência e participa ativamente da sessão de hipnose. Ele permanece num estado focado de atenção, sabendo o que acontece no mundo, ampliando seus sentidos, tendo acesso à sua mente , sem esquecer do que está acontecendo.

  1. A hipnose ajuda na auto cura e auto descobrimento

Por meio da hipnose, a pessoa consegue ter acesso a informações que estão presentes em seu cérebro. Assim, nas sessões de hipnose, o acesso a essas informações permite ao cliente controlar suas emoções, sentimentos, traumas e outras situações que estão contidas em seu inconsciente. Nesse caso, o cliente passa a se conhecer melhor e também aos seus limites e além dos medos e fobias.

  1. Não existem palavras mágicas

Palavras mágicas que vão estimular o transe não existem. Para que a hipnose aconteça, é utilizada técnicas que vão estimular a mente do cliente, acessando informações profundas, que são feitas de modo gradativo.

  1. Não existe milagres

A hipnose não faz milagres, por isso, para vencer seus medos e suas barreiras inconscientes cada pessoa apresenta uma necessidade. Ela é um tratamento breve, porém, não sobrenatural, e a sua duração, ou quantidade de sessões, varia para cada cliente.

  1. O especialista em hipnose não tem poderes paranormais

A atuação do hipnoterapeuta é baseada em conceitos científicos, ou seja, se “poder” é baseado na competência profissional.  Ele trata com carinho, sensibilidade e respeito para conseguir perceber os problemas do outro e ajudá-lo.

  1. Quem se deixa hipnotizar não são fracas

A hipnose não manipula a mente de uma pessoa, mas ajudar na criação de um ambiente onde possa permanecer em estado de atenção focada. Ou seja, o transe é um processo natural e biológico, que todos o seres humanos podem alcançar.

  1. A hipnose tem bases científicas

A hipnose é uma técnica que está sendo estudada cientificamente desde o século XVIII. Embora ela seja considerada por muitos como entretenimento, a hipnose pode ser empregada para tratar diversos tipos de problemas. O profissional que usa a hipnose amplia as possibilidades de tratamento e abre novos caminhos para lidar com seus clientes.

 

Assim, quando você conhece, estuda e usa o tratamento da hipnose de forma mais eficiente na forma como lidar no casos, isso favorece o fortalecimento da mente das pessoas e seu autoconhecimento.

 

Veja mais em: http://www.isec.psc.br

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando....