O TEMPO DO SER EU

Essa nossa dinâmica de vida veloz, internet, celular, carro e avião nos fazem mudar. E, certamente, não é para melhor.

Qual o tempo que você tem reservado para um encontro especial e solitário com você mesmo? Não estou falando de meditação ou de algo transcendental. Também não seria a terapia ou análise.

Falo de algo mais simples: dois minutos de silêncio dedicado ao seu corpo!

Apenas dois minutos! Olhos fechados, respiração compassada e introspecção. Sentir o corpo, as pernas, braços, barriga, rosto… Sentir a sola dos pés dentro do sapato. Perceber a distância que existe entre os dedos dos pés, tentar imaginar a curva superior da orelha esquerda.

Tomar o corpo e, seus limites, como sua participação neste mundo. Uma interface mecânica de atuação no plano físico tridimensional que chamamos de realidade. Nossos sentidos, os cinco principais, devem ser explorados neste momento.

O TEMPO DO SER EU

Não mais que dois minutos.

Garanto que sua produção endócrina será restabelecida a níveis normais, seu sistema imunológico agradecerá e todo o seu metabolismo irá caminhar numa direção saudável.

Tente! Não pense que isso é conversa de esquina. Isso é ciência pura! Já está provado! Faça isso duas vezes ao dia e as mudanças serão notadas imediatamente. Todas aquelas coisas que atrapalham o dia a dia como nervosismo, ansiedade, dores de cabeça sem motivo algum são as primeiras candidatas a sumirem dando lugar ao equilíbrio.

Não espere mais, o investimento é tão pouco e o retorno é imenso. Sem contra indicação. O único perigo é você gostar tanto de querer evoluir para atividades mais elaboradas como o Yoga por exemplo.

Cave a sua própria saúde e sucesso, pois todos já temos o nosso destino traçado ao final… é só uma questão de tempo.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando....